VI Congresso Nacional de Numismática

Entre os dias 24 e 26 de novembro de 2022, terá lugar na Faculdade de Letras da Universidade do Porto o mais importante encontro científico dedicado à numismática em Portugal ao longo dos últimos anos: o VI Congresso Nacional de Numismática. Este evento contará com a presença de numerosos conferencistas e comunicantes, oriundos sobretudo de Portugal e Espanha, e terá como objetivo fazer um ponto da situação sobre as investigações em torno da moeda em contexto português e ibérico, tendo em conta não só as recentes descobertas arqueológicas, mas também os estudos que têm ajudado a lançar um novo olhar sobre a moeda e a sua história.

O congresso inclui, no total, sete conferências e trinta e nove comunicações. Após a receção dos congressistas e a cerimónia de abertura, a conferência inaugural será proferida por María Paz García-Bellido e terá como tema a colaboração científica entre Portugal e Espanha nas áreas da arqueologia, epigrafia e numismática. No dia 24 de novembro decorrerão três sessões, uma dedicada à numária anterior à nacionalidade e duas dedicadas à numária nacional. As conferências serão proferidas por José Ruivo, João Menezes Cordeiro e Rui Câmara Borges e focarão três temas: os depósitos monetários do século III na Lusitânia, a originalidade das emissões monetárias portuguesas na transição do século XIV para o século XV e as ligas de prata das moedas de 11 dinheiros produzidas entre os séculos XV e XVII.

As comunicações serão dedicadas sobretudo à moeda romana imperial e à moeda portuguesa medieval e moderna. Haverá também intervenções sobre o processo de fabrico de moeda na atualidade, a deteção de falsos com relevância histórica e a aplicação de métodos científicos na análise de moedas. A jornada de trabalho encerrar-se-á com a inauguração de uma mostra expositiva sobre a história da moeda em Portugal, organizada pelo Museu Casa da Moeda, e o jantar para os participantes no Palácio da Bolsa, durante o qual serão entregues os diplomas de Associado Honorário e de 50 anos de Associado da SPN.

No dia 25 de novembro decorrerão quatro sessões, incluindo uma sobre temas diversos. As conferências estarão a cargo de Ruth Pliego, Eugénio Gaspar e Alberto Canto, e terão como foco a peculiaridade lusitana e galaica na moeda das épocas sueva e visigoda, a evolução do papel-moeda ao longo da história e o estado da questão sobre a moeda da época islâmica em Portugal. As comunicações focarão sobretudo moedas e tesouros encontrados em escavações arqueológicas em Portugal e Espanha, nomeadamente em contexto romano, suevo, visigodo, islâmico e cristão. Os trabalhos encerrar-se-ão, neste dia, com a sessão de apresentação de uma moeda de coleção produzida pela Casa da Moeda, um Porto de Honra nas Caves Niepoort, em Vila Nova de Gaia, e uma sessão de homenagem aos Sócios Fundadores da SPN.

O último dia do congresso incluirá mais duas sessões, compostas exclusivamente por comunicações. Nelas se abordará a composição de algumas das mais importantes coleções numismáticas portuguesas e espanholas, entre as quais as do Museu Casa da Moeda e do Museu do Dinheiro. Os temas livres incidirão sobre alguns aspetos relativos à notafilia, à medalhística e à utilização da moeda como recurso didático. À cerimónia de encerramento do congresso, seguir-se-ão um almoço na Fundação Dr. Cupertino de Miranda, uma visita ao Museu do Papel-Moeda e outra ao Gabinete de Numismática do Museu da Cidade do Porto.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...