Mocidade Portuguesa, de Jorge Calado

A coleção «Olhares» acaba de receber Mocidade Portuguesa, de autoria de Jorge Calado. Poderíamos escrever que se trata da autobiografia do autor, mas é o próprio que nos desvenda, no preâmbulo da obra, o que é o livro:

«Não é uma biografia, nem um livro de memórias, muito menos um ensaio de pendor social, embora partilhe aspetos com todos estes géneros. A história começa numa casa em Lisboa, percorre o bairro, atravessa a cidade, espalha-se pelo país, para acabar em Oxford, no Reino Unido. Uma viagem no tempo, física e mental, ao longo de trinta anos, balizada por livros, bichos, filmes e óperas, sem respeitar as unidades aristotélicas de espaço, tempo e ação. A mente como museu de memórias cujo conteúdo é imperioso estudar, conservar e divulgar. 

Um fluxo de consciência onde tudo está relacionado com tudo o resto, formando um objeto redondo, sem princípio nem fim.»

A sessão contou com a presença do autor e foi apresentada por Alice Vieira.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...