Lançamento do Prémio Literário Arnaldo França

Inserida nas comemorações do 180.º aniversário da Imprensa Nacional de Cabo Verde, a apresentação do livro Destino Aziago, de José J. Cabral, a obra vencedora do Prémio Literário Arnaldo França (4.ª edição), decorreu em 24 de agosto na Assembleia Nacional, na cidade da Praia, em Cabo Verde.

A cerimónia foi presidida pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Integração Regional, Rui Alberto de Figueiredo Soares.  Raimundo Ramos Francês Lopes, Presidente da Imprensa Nacional de Cabo Verde, deu as boas-vinda na sessão de abertura deste lançamento, que contou também com a presença do autor, José J. Cabral, e de Duarte Azinheira (Diretor de Edições e Cultura da Imprensa Nacional-Casa da Moeda), que encerrou a sessão.  

A apresentação do livro Destino Aziago ficou a cargo de Adelaide Monteiro.

O júri disse tratar-se de uma obra que reflete sobre o «tema incontornável da diáspora cabo-verdiana» com uma «abordagem assinalável na construção sólida das personagens, no desenho emotivo da paisagem e na referência à história, cultura, tradições e dinâmica da sociedade cabo-verdiana, sobretudo são‑nicolauense». 

Do ponto de vista didático-pedagógico, o júri realçou ainda que Destino Aziago «possibilita aos leitores a oportunidade de ter acesso a uma trilogia que fecha o ciclo iniciado por uma obra basilar da literatura cabo-verdiana. 

Jovens e menos jovens leitores tomam, assim, conhecimento da história da terra cabo-verdiana, com o original feito de escrita a duas mãos, reconhecendo-se igualmente a dinâmica do percurso da identidade cabo-verdiana contemporânea pela chegada, através da ficção, de um dos períodos menos contemplados na historiografia literária nacional».

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...