50 Anos do 25 de Abril

A Revolução de 25 de Abril de 1974 marca o início da vida democrática em Portugal. O golpe militar conduzido pelo Movimento das Forças Armadas (MFA) põe termo ao regime autoritário do Estado Novo, abrindo caminho para a resolução do problema da guerra colonial e para a democratização e o desenvolvimento do país.

As comemorações do cinquentenário do 25 de Abril arrancaram no passado dia 23 de março e vão prolongar-se pelos próximos quatro anos, terminando em 2026 com a evocação dos 50 anos sobre a entrada em vigor da Constituição da República Portuguesa, bem como da realização das primeiras eleições legislativas, autárquicas e presidenciais da democracia. Mas o ponto alto das comemorações será em 2024, o ano do cinquentenário.

Relembramos as duas mais recentes moedas comemorativas alusivas ao de 25 de Abril de 1974, que ficou para a história como a Revolução dos Cravos:

  • 45.º Aniversário do 25 de Abril de 1974 (moeda de 5 euros emitida em 2019)
  • 40 Anos do 25 de Abril (moeda de 2 euros emitida em 2014)

A mais recente, alusiva ao 45.º Aniversário, é da autoria do escultor José Aurélio e representa um tributo ao 25 de Abril sublinhando os valores do Dia da Liberdade, bem como a inovação cultivada pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), ao incorporar cor em ambas as faces da versão cunhada em prata proof, uma novidade na numismática nacional.

Além da versão em prata proof, com uma edição limitada a 2500 exemplares, esta moeda contou ainda com uma emissão em cuproníquel de 40 mil exemplares com acabamento normal.

O autor não teve grande dificuldade em encontrar a solução para esta moeda, baseando-se nos fatores que determinaram e resultaram do próprio 25 de Abril.

O campo da moeda é repartido com uma série de círculos descentrados, o que provoca a sensação de movimento.

.

No anverso da moeda, manteve a ideia do movimento, que derrubou a ditadura e restaurou a liberdade no dia 25 de abril de 1974, contendo: ao centro a indicação do valor facial e a representação de cinco escudos com cinco quinas cada; na parte superior, a legenda “Portugal”; e na parte inferior, as legendas “INCM”, “€uro” e a indicação do autor.

No reverso, as mesmas formas excêntricas do anverso, contendo, ao centro, a representação de um cravo cujas folhas escrevem “25 de abril”; na parte superior, as legendas “1974”, “45 anos” e “2019”; e na parte inferior, as legendas “Liberdade” e “Democracia”.

A versão de acabamento proof em prata tem alguns apontamentos de cor.

Relativamente à moeda emitida em 2014, da autoria dos escultores Luc Luycx e José Teixeira, apresenta, na face comum, o desenho utilizado nas moedas de euro destinadas à circulação.

Na face nacional da moeda, apresenta: um cravo estilizado; a legenda «PORTUGAL»; o escudo nacional; as legendas «25 de ABRIL» e «40 ANOS 2014»; e as 12 estrelas, que representam a União Europeia.

Foi definido o limite de emissão de 500 000 moedas com acabamento normal. Neste âmbito, a INCM foi autorizada a cunhar até 10.000 moedas com acabamento especial do tipo «Brilhantes não circuladas» (BNC) e até 10.000 moedas com acabamento especial do tipo «Provas numismáticas» (proof).

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...